Justiça italiana investiga a Minardi

A equipe de Fórmula 1 European Minardi, onde atua o brasileiro Tarso Marques, está sendo investigada pela justiça italiana, acusada de evasão fiscal. Segundo a acusação, no período de 93 a 96 a Minardi conseguiu dinheiro através de um caixa dois da San Marino Promotion - empresa que faz a intermediação dos contratos de patrocínio para a Fórmula Um. Estão sendo investigados o ex-proprietário da equipe, Gian Carlo Minardi, o administrador da escuderia, Stefano Sangiorgi e o diretor da San Marino, Gilberto Pirroni.Desalentado com os resultados invariavelmente ruins do carro na temporada, Tarso Marques desabafou no último domingo, logo depois de abandonar o GP da Europa, em Nurburg (ALE), na sétima volta. ?Se alguém quiser comprar meu lugar não vou achar nem um pouco ruim?, disse ele.

Agencia Estado,

27 de junho de 2001 | 09h49

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.