Kanaan pode fazer teste na BAR

O piloto Tony Kanaan chegou hoje ao Brasil, pela primeira vez depois da conquista do título da Indy Racing League, no GP de Fontana, nos Estados Unidos. Kanaan foi a atração do boxe da BAR. Como a equipe Andretti Green, a BAR também corre com motores Honda. "A Honda tem uma grande integração entre a F-1 e a IRL embora cada uma conte com sua divisão própria. Hoje os motores são muito parecidos, com a mesma cilindrada", diz Kanaan. Tony estará amanhã e domingo em Interlagos como convidado especial de Rubinho Barrichello. Vai torcer pela vitória do piloto da Ferrari como sempre. "Acho que dessa vez ele vai levar. Disse a ele que estou aqui para transmitir-se toda a sorte que tive este ano na IRL". Dessa vez, Tony foi reconhecido em Interlagos. Posou para fotos, deu autógrafos e abraçou velhos amigos do automobilismo brasileiro como Tuka Rocha. "É bom estar de volta. Estou contente. Mas vai durar pouco. Na quarta já estarei de volta aos Estados Unidos". Na segunda-feira, Kanaan será recebido em audiência pelo ministro dos Esportes, em Brasília. "Se tiver chance vou fazer a reivindicação que todo o automobilismo faz: que se crie condições para que os patrocinadores possam ter alguma isenção fiscal, por exemplo. Os pilotos brasileiros no Exterior, hoje, não tem mais patrocinadores brasileiros. Alguma coisa deveria ser feita". Kanaan conversou com a direção da BAR sobre um possível teste com um carro de Fórmula 1, na Europa, durante os treinos de inverno. A BAR ainda vai estudar a data e tentar acomodá-la ao calendário de testes da Andretti Green nos Estados Unidos. "Se conseguir vou concretizar um sonho de infância: pilotar um Fórmula 1.Mas acho que, independente do teste, continuarei correndo mesmo nos EUA". Em dezembro, Kanaan começará a testar o Dallara/Honda da Andretti em alguns circuitos. Ele ainda não sabe se fará testes no misto de Sonoma. "Estes testes deverão ser feitos apenas pelo Dario Franchitti. Mas eu terei uma bateria de treinos em Homestead".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.