Kanaan sonha com a vitória em Nashville

O brasileiro Tony Kanaan, da Andretti/Green, terminou a primeira metade da temporada da Indy Racing League na liderança graças à sua regularidade. Em oito corridas, obteve apenas uma vitória, mas terminou entre os cinco primeiros colocados outras seis vezes. No entanto, vai disputar sábado o GP de Nashville, nona etapa do campeonato, consciente de que apenas um bom resultado já não basta. É preciso vencer. Isso porque já se vê ameaçado pelo neozelandês Scott Dixon, da Chip Ganassi. Tony tem 279 e o rival, 248. "Marcar pontos pensando no campeonato é muito importante, mas o objetivo principal é sempre vencer as corridas", disse Kanaan. "Quero vencer sempre e, quando não puder, marcar o máximo de pontos.? Além de Dixon, os dois brasileiros da Penske, Hélio Castro Neves (247) e Gil de Ferran (239) também começam a ameaçá-lo na classificação. A prova em Nashville será a terceira etapa noturna do ano (largada às 21 horas, horário de Brasília). Amanhã, serão realizado os treinos livres, além da sessão que define do grid. O norte-americano Alex Barron - vencedor do GP do ano passado -, vai substituir na equipe MoNunn o brasileiro Felipe Giaffone, que se recupera do acidente que sofreu no Kansas, em que sofreu fraturas no fêmur direito, bacia e em uma vértebra.

Agencia Estado,

17 de julho de 2003 | 18h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.