Kazuki Nakajima será o substituto de Wurz no GP do Brasil

Aos 22 anos, filho do ex-piloto Satoru Nakajima terá a 1.ª oportunidade de disputar uma prova como titular

Efe,

09 de outubro de 2007 | 09h44

O japonês Kazuki Nakajima será o companheiro do alemão Nico Rosberg na equipe Williams durante o Grande Prêmio do Brasil, última prova do Mundial de Fórmula 1, substituindo o austríaco Alexander Wurz, que na segunda-feira anunciou sua retirada imediata do campeonato.   Veja também: Classificação do Mundial Leia mais no Blog do Lívio Fórmula 1: a matemática do título de 2007  Quem será o campeão da Fórmula 1?   Nakajima, de 22 anos, filho do ex-piloto Satoru Nakajima, que correu na categoria nos anos 80, era até agora o piloto de testes e o reserva da equipe. Ele participou ainda do campeonato GP2, no qual foi eleito "novato do ano".   Como piloto de testes da equipe, o japonês completou cerca de 7 mil quilômetros ao volante do FW29. Além disso, foi o piloto dos treinos de sexta-feira da escuderia em cinco provas.   A Williams afirmou em comunicado que a escolha de Nakajima não é, de modo algum, um teste com o piloto para uma possível inclusão na equipe titular para 2008.   "Não se pode avaliar um piloto por sua participação em apenas uma corrida. O que queremos é aproveitar sua experiência ao volante do FW29", disse Frank Williams, chefe da equipe.   O japonês se mostrou agradecido pela oportunidade: "Conheço muito bem o carro e pilotei recentemente o FW29 nos treinos livres da sexta-feira em Xangai, na China. Esta é uma oportunidade e espero devolver à equipe a confiança demonstrada com uma boa atuação".   Na segunda-feira, Alexander Wurz anunciou em comunicado sua retirada imediata como piloto da Fórmula 1, após dez temporadas na maior categoria do automobilismo mundial, o que o deixará de fora da última prova do Mundial de 2007.   O Grande Prêmio do Brasil, 17.ª e última prova do Mundial de Fórmula 1, será disputado no dia 21 no circuito de Interlagos, em São Paulo.   Estão na briga pelo título o inglês Lewis Hamilton, o espanhol Fernando Alonso e o finlandês Kimi Raikkonen, os três primeiros colocados no Mundial, com 107, 103 e 100 pontos, respectivamente.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1WilliamsKazuki Nakajima

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.