Kenny Brack é pole na Fórmula Indy

O sueco Kenny Brack ganhou um presentão neste sábado, no treino de classificação, e larga na pole no GP de Elkhart Lake, 13ª etapa válida da temporada de F-Indy, neste domingo. Em nenhum momento do fim de semana o piloto da Team Rahal, que lidera o campeonato, agora com 105 pontos, foi competitivo. Mas graças às condições da pista no qualificatório viu cair no seu colo sua quinta pole no ano, incluindo a do GP de Texas, que acabou não sendo realizada.O GP de Elkhart Lake, em 55 voltas pela pista de 6.513 quilômetros (a mais longa da temporada), tem largada prevista para as 14 horas. A DirecTv, canal 363, transmite ao vivo. A TV Record passa o videoteipe, a partir das 16h45.A sorte de Brack teve muito a ver com a chuva deste sábado em Elkhart Lake. Cerca de 40 minutos antes do início do treino oficial, começou a chover forte. Com isso, o primeiro grupo de pilotos (na Indy, os pilotos são divididos em dois grupos no qualificatório, organizados com base na classificação no campeonato e no grid da corrida anterior) foi à pista, encontrou muitas poças d´água, o que comprometeu o desempenho.A pista melhorou no final da primeira parte do treino, mas voltou a chover quando o segundo grupo foi à pista. Novamente, a chuva parou e a pista secou nos últimos minutos. Foi quando Brack conseguiu a volta em 2min03s531 (média de 189,812 km/h) que lhe deu a pole. "Tenho de admitir: dei sorte. Peguei a pista mais rápida na minha última volta e não enfrentei tráfego??, disse o piloto da Rahal.O canadense Alex Tagliani, da Forsythe, larga em segundo (2min03s531), com o neozelandês Scott Dixon, da PacWest, em terceiro (2min04s674). O grande favorito à pole, o brasileiro Gil de Ferran, da Penske, teve de se conformar com o quarto lugar (2min04s909). "Fazer o quê? A chuva muda tudo. Mas bola para frente, é coisa de corrida.?? Cristiano da Matta, da Newman-Haas, ficou com o quinto lugar no grid, e Hélio Castro Neves, da Penske (103 pontos no campeonato) em sexto, à frente de Michael Andretti, da Green/Motorola.Todos os sete primeiros conseguiram seus tempos nos dois minutos finais da sessão, superando, então, o norte-americano Memo Gidley, da Chip Ganassi, que com 2min06s865 havia sido o mais rápido do primeiro grupo. Memo superou, também no minuto final, Bruno Junqueira, que cometeu um erro em sua penúltima volta rápida. "Eu vinha voando para começar bem a última volta, mas saí da pista. Com isso, perdi as duas voltas??, lamentou.Bruno larga em 10º, ao lado de Christian Fittipaldi, da Newman-Haas, que ficou com o nono tempo, e espera que a previsão de pista seca para o horário da corrida (tempo nublado, sem chuva), se confirme. "Meu carro está ótimo no seco e aqui dá para ultrapassar.?? Esta é a mesma torcida de Gil de Ferran. "Com pista seca, estamos muito bem", disse. Helinho, que nunca passou da primeira volta em Elkhart Lake, também não quer saber de chuva. "Espero desta vez fazer uma boa corrida aqui." Roberto Moreno, da Patrick, larga em 14º lugar; Maurício Gugelmin, da PacWest, em 15º; Tony Kanaan, da MoNunn, em 17º; e Max Wilson, da Arciero, em 25º.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.