Kimi promete manter o mesmo estilo no comando da Ferrari

Em sua primeira entrevista na Ferrari, o finlandês Kimi Raikkonen, conhecido como "homem de gelo", contou nesta quarta-feira que não mudará o seu estilo de pilotar, com o qual se destacou na McLaren. O piloto também contou que espera conquistar vitórias ao lado do brasileiro Felipe Massa."Eu não serei o Michael Schumacher. A equipe sabe disso", contou o piloto durante evento festivo da Ferrari em Madonna di Campiglio, região dos Alpes italianos. "Se na McLaren eu atuasse de outra maneira, não mudaria meus resultados. Minha forma de trabalhar é eficaz."No final do ano passado, Kimi recebeu um alerta da Ferrari para ser "moderado" nas festas, já que seu comportamento atraia a atenção da imprensa européia. "O problema não é o que eu faço na vida particular. Se me empenhar e tiver um bom carro, conseguirei vitórias, que é o importante."Aos 27 anos, Kimi não teve uma boa temporada em 2006. Em 18 provas pela McLaren, ele não conseguiu nenhuma vitória. "As coisas na Ferrari são mais fáceis. Sei das expectativas dos dirigentes, mas não sinto pressão por resultados. Estou preparado para fazer o melhor. As vitórias serão conseqüências."

Agencia Estado,

10 de janeiro de 2007 | 10h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.