La Rosa faz testes para a Jaguar

Pedro de la Rosa foi anunciado hoje como piloto de testes da Jaguar, 13 dias depois de ter acertado com a Prost Grand Prix para exercer a mesma função. O contrato entre o espanhol e o time inglês é de três anos e há possibilidade de, no futuro, ele tornar-se um dos pilotos do time no Mundial de Fórmula 1. A Jaguar tinha como piloto de testes apenas o sul-africano Thomas Scheckter, considerado um piloto com perspectivas de um bom futuro, mas sem experiência na F-1. Thomas é filho de Jody Scheckter, campeão de categoria em 1979. De la Rosa viveu situações curiosas nos últimos dias. Em 30 de janeiro, foi informado pela Arrows que perdera o lugar para o brasileiro Enrique Bernoldi. Logo em seguida, em 6 de fevereiro, acertou-se com a Prost e, apesar de não ter assinado contrato, chegou a treinar pela equipe na semana passada, no circuito do Estoril. Hoje, transferiu-se para a Jaguar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.