Lewis Hamilton aconselha Button a continuar acelerando

CINGAPURA - Jenson Button fará bem se ouvir os conselhos de Lewis Hamilton depois que a vitória no Grande Prêmio de Cingapura no domingo deixou o piloto da Brawn GP a um passo do título.

ALAN BALDWIN, REUTERS

28 de setembro de 2009 | 18h24

Veja também:

F-1 2009 - tabela Classificação | especialCalendário

especialESPECIAL - Jogue o Desafio dos Pilotos

blog BLOG DO LIVIO - Leia mais sobre a F-1

O britânico pode estar a apenas alguns dias de conquistar seu cobiçado primeiro título, mas seu compatriota de 24 anos, a quem poderá substituir como novo campeão mundial, sugeriu que ele pise fundo e que não considere nada garantido.

"Estava liderando por 17 pontos com duas provas restantes e perdi", disse o piloto da McLaren após sua segunda vitória na temporada.

"É muito, muito, muito difícil, até o último momento, então eu sugiro que eles todos sigam acelerando e veremos nas próximas provas. Mas ele tem feito um trabalho fantástico, então desejo tudo de melhor a ele".

Hamilton conquistou o título no ano passado por apenas um ponto após ter perdido na temporada anterior pela mesma diferença para o finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari, que tirou a diferença de 17 pontos ao vencer as duas últimas provas.

Button terminou em quinto em Cingapura e aumentou para 15 pontos a diferença sobre seu colega de equipe, o brasileiro Rubens Barrichello, a três provas do fim da temporada.

Button precisa de apenas cinco pontos a mais que Barrichello no GP do Japão, no domingo, para conquistar o título.

Se o título da F-1 fosse concedido ao piloto com maior número de vitórias, como o chefe Bernie Ecclestone desejava, Button já teria sido considerado campeão, com seis vitórias ante duas de Barrichello.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.