Lewis Hamilton culpa erro próprio por quarto lugar no GP da Turquia

Inglês tentou passar Webber na primeira volta e acabou perdendo posições para Alonso e Button

AE, Agência Estado

08 de maio de 2011 | 16h21

ISTAMBUL - O inglês Lewis Hamilton ficou apenas com a quarta colocação no GP da Turquia de Fórmula 1, neste domingo, e apontou um erro próprio como culpado pelo resultado. Logo na primeira volta, ele tentou ultrapassar o australiano Mark Webber, da Red Bull, mas acabou sendo ultrapassado pelo espanhol Fernando Alonso, da Ferrari, e pelo inglês Jenson Button, seu companheiro na McLaren.

"Consegui um começo de prova muito decente, mas cometi um erro na primeira volta e perdi muito terreno na curva três, quando estava tentando ultrapassar Webber. Este foi o momento decisivo da minha tarde (manhã no Brasil). Se não tivesse sido ultrapassado por Alonso e Button, acho que teria conseguido a terceira colocação e brigado pela segunda", analisou.

O piloto da McLaren ainda apontou um erro da equipe, em seu terceiro pit stop, mas analisou que este não foi determinante para seu resultado final. "Considerando o tempo que perdi na terceira parada, acho que consegui recuperar relativamente bem. Não acho que tenha feito diferença em nosso resultado final", considerou.

Com a quarta colocação, Lewis Hamilton se manteve na segunda posição do Mundial de Pilotos, mas viu a distância para o líder Sebastian Vettel, da Red Bull, que venceu neste domingo, chegar a 34 pontos. "Fiquei muito feliz com a forma que o carro se comportou mesmo tendo perdido um pouco de asa. Nós estávamos prontos para fazer um trabalho ainda melhor, mas largar na quarta colocação e terminar em quarto foi uma boa recuperação", concluiu o inglês.

Veja também:

link Vettel vence na Turquia e dispara na Fórmula 1

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.