Mark Thompson/AFP
Mark Thompson/AFP

Hamilton quer confirmar pentacampeonato com vitória no GP do México

Piloto da Mercedes pode garantir mais um título na Fórmula 1 no domingo

Estadão Conteúdo

25 Outubro 2018 | 20h06

O britânico Lewis Hamilton só precisa de um sétimo lugar, no domingo, no GP do México, para conquistar o seu quinto título na Fórmula 1. Mas o piloto da Mercedes promete ir em busca de mais uma vitória.

"Ganhar a corrida para obter o título, esse é o meu objetivo", disse Hamilton, campeão em 2008, 2014, 2015 e 2017, que soma 71 bandeiradas na Fórmula 1, atrás somente do alemão Michael Schumacher, com 91.

Mas o piloto da Mercedes não terá vida fácil. "Como piloto, você sempre quer vencer. Eu não acho que isso mude", disse Max Verstappen, piloto da Red Bull, vencedor da corrida do ano passado. Os finlandeses Valterri Bottas e Kimi Raikkonen completaram o pódio. Hamilton terminou em nono, mas foi o suficiente para se sagrar tetracampeão.

Apesar dos 70 pontos de desvantagem, Sebastian Vettel, da Ferrari, ainda não abandonou a ideia de ele ser o pentacampeão. Na história da F-1 apenas dois pilotos conseguiram este feito. O argentino Juan Manuel Fangio foi campeão em 1951, 1954, 1955, 1956 e 1957, enquanto o alemão Michael Schumacher somou sete conquistas: 1994, 1995, 2000, 2001, 2002, 2003 e 2004.

"Este tem sido um dos mais agradáveis. Se eu for campeão, será um dos títulos que mais irei me orgulhar", disse Hamilton, que soma 346 pontos, contra 276 de Vettel.

Os pilotos vão para a pista do circuito Hermanos Rodriguez pela primeira vez nesta sexta-feira para os dois primeiros treinos livres, cada um com a duração de 1h30. O primeiro começa às 12h (de Brasília) e o segundo às 16h. No sábado, um terceiro treino livre será realizado às 12h, enquanto o treino classificatório está previsto para as 15h. A corrida tem largada no domingo às 15h10.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.