Hendrik Schmidt / AP Photo
Hendrik Schmidt / AP Photo

Líder da MotoGP, Dovizioso é o mais rápido dos treinos livres da etapa alemã

Segunda a quinta posição foram ocupadas por espanhóis nas práticas

Estadão Conteúdo

30 de junho de 2017 | 13h06

Com as condições climáticas bem diferentes nos dois treinos livres desta sexta-feira no Sachsenring, em Hohenstein-Ernstthal, se deu melhor quem liderou a sessão disputada com a pista seca no primeiro dia de atividades da etapa da Alemanha da MotoGP, a nona das 18 previstas para a temporada 2017. E esse foi o caso de Andrea Dovizioso.

O italiano da Ducati liderou o primeiro treino livre da etapa da Alemanha, realizada com a pista seca, ainda que com o céu nublado, e assim fechou a sexta-feira com o piloto mais rápido do dia. Na sua melhor volta na sessão inicial, Dovizioso, o líder do campeonato, cravou o tempo de 1min21s599. E a marca foi mais do que suficiente para lhe garantir a dianteira, mesmo que ele tenha sido apenas o sétimo colocado no segundo treino livre, realizado com a pista molhada.

Quem mais se aproximou de Dovizioso foi o espanhol Maverick Viñales, da Yamaha, que garantiu o segundo lugar, mesma posição que ocupa no campeonato, com 1min21s637. E ele foi seguido por mais quatro compatriotas, com Dani Pedrosa, da Honda, na terceira posição, com 1min21s789, Aleix Espargaró, da Aprilia, em quarto, com 1min21s832, e Álvaro Bautista, da Aspar Ducati, em quinto, com 1min21s840.

A sequência de pilotos espanhóis foi completada por Marc Márquez, da Honda, com 1min21s898, na sexta posição. O atual campeão venceu as últimas sete provas que disputou no Sachsenring, sendo quatro delas na MotoGP, e ficou a apenas 0s063 de liderar o segundo treino livre desta sexta-feira da etapa alemã, ficando atrás do compatriota Hector Barberá, da Avintia Ducati, que concluiu o dia em uma modesta 14ª colocação.

Pole position da etapa anterior da MotoGP, na Holanda, o francês Johann Zarco, da Yamaha Tech3 foi o sétimo mais rápido nesta sexta-feira no circuito alemão. E a lista dos dez primeiros colocados foi completada, em ordem, pelo italiano Danilo Petrucci, da Pramac Ducati, pelo australiano Jack Miller, da Marc VDS Honda, e pelo britânico Scott Redding, também da Pramac Ducati.

O espanhol Jorge Lorenzo, da Ducati, ficou em uma modesta 12ª colocação, quatro posições à frente do italiano Valentino Rossi, que teve problemas com a sua Yamaha no primeiro treino livre.

O treino de classificação para a etapa da Alemanha da MotoGP será disputado neste sábado, a partir das 9h10 (horário de Brasília). A corrida está agendada para as 9 horas do próximo domingo.

Tudo o que sabemos sobre:
Motociclismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.