Líder da Stock vai parar no hospital

Líder do Brasileiro de Stock Car, o paulista Giuliano Losacco saiu domingo do autódromo de Londrina, onde venceu pela quarta vez no ano - em oito corridas disputadas -, quase que diretamente para um hospital em São Paulo. Ele foi internado no dia seguinte no Hospital São Luiz por estar com meningite. Losacco, que tem 147 pontos na temporada, contra 105 do segundo colocado, o carioca Cacá Bueno, deve permanecer internado até segunda-feira. O piloto, de 27 anos, começou a sentir-se mal no próprio domingo, antes da corrida. ?Durante a prova, não estava 100%, mas não tinha nenhum dos problemas que apareceram depois. Quando cheguei em casa, senti forte dor de cabeça, febre e enjôo?, contou Losacco. Na manhã de segunda-feira, Losacco procurou o médico oficial da Stock Car, Dino Altmann. ?Ele fez alguns exames e me mandou para o hospital, para fazer outros. Fiquei internado??, revelou o piloto, que contraiu meningite viral. Por causa da doença, a presença de Giuliano Losacco na próxima etapa do Brasileiro de Stock Car, dia 19 de setembro, no autódromo de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, não está assegurada. Vai depender não só de sua recuperação clínica como física também. O piloto, porém, sequer cogita a hipótese de ficar fora da corrida, num momento em que a temporada entra na reta final. ?Lógico que estarei na próxima etapa. Ainda tenho bastante tempo para me recuperar. É pena que tenho de ficar na cama, mas até a semana da corrida, estarei inteiro??, garantiu Losacco.

Agencia Estado,

31 Agosto 2004 | 19h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.