Kerstin Joensson/AP
Kerstin Joensson/AP

Lorenzo vence duelo de ultrapassagens contra Márquez e ganha prova na Áustria

Espanhol da Ducati supera o líder do campeonato e pula para o terceiro lugar no Mundial de pilotos

Estadão Conteúdo

12 Agosto 2018 | 10h33

Em final emocionante nas voltas finais da etapa da Áustria da MotoGP, o espanhol Jorge Lorenzo, da Ducati, superou o compatriota Marc Márquez, da Honda, e garantiu a vitória. Os pilotos trocaram de posição em diversas oportunidades, mas o tricampeão garantiu a ponta na última volta e não largou mais. O italiano Andrea Dovizioso, também da Ducati, fechou o pódio.

Márquez, por sua vez, caminha sem adversário para se tornar campeão da MotoGP pela quinta vez na carreira. O espanhol foi a 201 pontos na classificação geral do Mundial de Pilotos, 59 a mais do que o italiano Valentino Rossi, da Yamaha, que terminou em sexto lugar.

Rossi fez uma prova para diminuir o prejuízo por largar em 14º. Aos 39 anos, o veterano fez corrida de recuperação até chegar ao sexto lugar, mas não conseguiu avançar mais.

A vitória de Lorenzo representa a terceira dele na temporada, portanto é o segundo piloto que mais venceu em 2018, atrás apenas de Márquez, que garantiu o lugar mais alto do pódio cinco vezes. Com 25 pontos ganhos por causa do triunfo, o tricampeão pulou do quinto para o terceiro lugar no Mundial de Pilotos, com 130 pontos.

Dovizioso largou em segundo lugar, atrás de Márquez, o pole, e à frente de Lorenzo, mas não conseguiu aproveitar o bom desempenho da Ducati para conseguir mais do que um terceiro lugar na etapa da Áustria. O italiano tem 129 pontos e ocupa o quarto lugar na classificação geral, que tem o espanhol Maverick Viñales, da Yamaha, na quinta posição, com 113 pontos.

A próxima etapa da MotoGP, a 12ª da temporada, vai acontecer em Silverstone, no Reino Unido, em 26 de agosto, um domingo. Como de costume, as atividades oficiais do fim de semana de competição começam na sexta-feira com a primeira bateria de treinos livres.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.