Bazuki Muhammad/Reuters
Bazuki Muhammad/Reuters

Lotus quer se aproximar das principais equipes

Depois de 16 anos afastada da F-1, escuderia tem melhor desempenho entre as estreantes

AE, Agência Estado

30 de março de 2010 | 12h34

Os pilotos Jarno Trulli e Heikki Kovalainen esperam terminar o GP da Malásia, em que a Lotus correrá em casa, na frente das outras equipes estreantes na Fórmula 1 nesta temporada. O finlandês ressaltou que a escuderia baseada na Malásia tentará se aproximar dos times mais experientes, domingo, no circuito de Sepang.

Kovalainen disse que "todos sentem a pressão. Mas isto é bom. Este é o tipo de pressão que podemos aguentar". Já o italiano Trulli afirmou que a Lotus precisa se concentrar em fazer um carro confiável e "levar as coisas passo a passo".

A Lotus, que retornou para a Fórmula 1 após 16 anos, teve um bom início de temporada, completando a corrida de abertura no Bahrein com seus dois pilotos e terminando o GP da Austrália com Kovalainen. Assim, tem o melhor desempenho entre as equipes estreantes em 2010.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.