Alex Grimm/Reuters
Alex Grimm/Reuters

Lotus Renault confirma Heidfeld na vaga de Kubica na Fórmula 1

Alemão ganha a vaga do polonês, que se recupera após sofrer grave acidente em um rali

AE, Agência Estado

16 de fevereiro de 2011 | 16h14

PARIS - A equipe Lotus Renault anunciou nesta quarta-feira que o piloto alemão Nick Heidfeld vai substituir o lesionado Robert Kubica. O polonês ainda está se recuperando em um hospital na Itália depois de bater enquanto competia em um rali no começo de fevereiro. Além disso, precisou realizar cirurgia para reparar os danos provocados na sua mão direita pelo acidente.

Heidfeld, de 33 anos, tem vasta experiência na Fórmula 1, tendo disputado 172 corridas nas últimas 11 temporadas. Ele impressionou os membros da Lotus em recente teste realizado para definir o substituto de Kubica. Piloto reserva da equipe, o brasileiro Bruno Senna também participou destes treinos, na semana passada, no circuito de Jerez de la Frontera, na Espanha.

Heidfeld será o companheiro de equipe do russo Vitaly Petrov na prova de abertura da Fórmula 1, que será realizada no dia 13 de março no Bahrein. "Eu preferia voltar à Fórmula 1 em circunstâncias diferentes, mas estou orgulhoso de ter recebido essa chance", disse Heidfeld.

"Tudo aconteceu tão depressa, mas eu fiquei muito impressionado com o que tenho visto até agora em termos de estrutura e da dedicação das pessoas em Enstone [sede da Lotus Renault]. Gostei muito do teste da semana passada em Jerez, e eu já me adaptei bem com os rapazes na pista. Eu tenho uma boa sensação com o carro, que é bastante inovador. Estou muito motivado e não posso esperar para a temporada começar".

Eric Boullier, chefe da equipe Lotus Renault, elogiou o trabalho desenvolvido por Heidfeld nos testes e ressaltou a necessidade do substituto de Kubica ser experiente. "A equipe passou por semanas muito difíceis e tivemos que reagir rapidamente. Nós demos uma chance a Nick em Jerez na semana passada e ele realmente nos impressionou", comentou.

"Ele é rápido, experiente e é muito forte tecnicamente com seus comentários e compreensão do carro. Sempre disse que a prioridade era ter um piloto experiente no carro e sentimos que ele é o homem ideal para o trabalho. Temos o prazer em receber Nick na equipe e esperamos um forte início de temporada com ele e Vitaly no Bahrein", completou.

A Fórmula 1 inicia quatro dias de testes coletivos no circuito da Catalunha, na Espanha, na sexta-feira. Heidfeld vai treinar no sábado e segunda-feira, enquanto Petrov testará pela Lotus Renault na sexta-feira e no domingo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.