Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Luciano Burti em xeque na Fórmula 1

A temporada 2001 da F-1 está terminada para Luciano Burti, na avaliação de Gary Harstein, da Comissão Médica da Federação Internacional de Automobilismo (FIA). O brasileiro sofreu grave acidente domingo, no GP da Bélgica, e continua internado no Hospital Universitário de Liège. Segundo Harstein, Burti ?sente-se muito cansado e precisará de pelo menos dois meses para voltar às pistas?.Apesar da opinião de Harstein, o responsável pela liberação ou não do piloto será o médico-chefe da FIA, o inglês Sid Watkins. Ele vai anunciar sua decisão após o GP de Monza, Itália, marcado para o dia 16. O piloto, que tem o seu futuro indefinido na Prost, sabe que, o quanto mais rápido voltar, maiores serão as sua chances de permanecer na equipe.Mas o norte-americano Harstein foi incisivo. ?Se meu filho tivesse sofrido um acidente similar, queria ver se não apresentaria sintomas em um período de quatro a oito semanas antes de permitir que voltasse a pilotar?. Burti deve ser substituído pelo checo Tomas Enge, contratado pela Prost como piloto de testes, enquanto não puder correr.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.