Mansell rejeita comparações entre Hamilton e Tiger Woods

O ex-campeão mundial de Fórmula 1 NigelMansell apontou seu compatriota britânico Lewis Hamilton como ohomem a ser batido na categoria, ao mesmo tempo em que rejeitouas comparações entre o piloto de 23 anos da McLaren e ogolfista Tiger Woods. "Não acho mesmo que ele seja como Tiger Woods", disse ocampeão mundial de 1992, que também é um aficcionado pelogolfe, à edição de sexta-feira do Daily Telegraph. "Tiger Woods é o esportista individual mais incrível, assimcomo Roger Federer. No automobilismo, você pode colocar talvezcinco ou seis pilotos diferentes no melhor carro e elesganhariam o campeonato." Hamilton, o primeiro negro a pilotar na Fórmula 1, tem sidocomparado a Woods pelo papel de abrir a categoria para umamaior audiência. Ele perdeu o título do ano passado por um ponto, mascomeçou esta temporada, sua segunda na categoria, com umaconvincente vitória na Austrália no fim de semana passado. "Lewis é o homem a ser batido", disse Mansell, que venceu omundial de 1992 após vencer a corrida de abertura na África doSul --corrida na qual, assim como na Austrália, nenhuma dasduas Ferraris conseguiu completar. "Acho que, quando você consegue vencer a primeira corridado ano, isso influencia toda a temporada, o impulso que cria naequipe é incrível", disse o ex-piloto. "Por que ele (Hamilton) não deveria estar confiante? Não hádúvida que a vitória na Austrália foi fantástica. O maisincrível é a velocidade do carro da McLaren." (Reportagem de Alan Baldwin)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.