Divulgação
Divulgação

Marcos Gomes supera batida no início e é campeão da Stock Car

Em Interlagos, piloto conquista seu primeiro título da categoria

Estadão Conteúdo

13 Dezembro 2015 | 11h28

Em uma prova marcada por diversos incidentes, apesar da ausência da chuva, Marcos Gomes conquistou seu primeiro título da Stock Car, neste domingo, no Autódromo de Interlagos. O piloto superou uma batida na primeira volta e torceu para Cacá Bueno não terminar entre os primeiros colocados para selar a conquista. O pódio da etapa de São Paulo teve Átila Abreu, Diego Nunes e Felipe Fraga.

Gomes ficou com o título mesmo terminando a prova na distante 23ª colocação, duas posições atrás de Cacá, e a sete voltas do vencedor da corrida. O líder do campeonato entrou na etapa com 242 pontos, contra 210 do rival. E, mesmo com pontuação dobrada neste domingo, buscou o troféu da temporada sem somar um ponto sequer nesta última corrida do ano.

Gomes, contudo, sofreu para conquistar o título. Logo na primeira volta ele se envolveu em grande incidente que danificou diversos carros. Rafael Suzuki rodou na pista na saída da Curva do Lago e foi atingido por Rubens Barrichello, que vinha logo atrás. Começou, então, um engavetamento que acabou acertando Gomes, que parou no muro de proteção. Cacá não chegou a ser atingido, mas em momento anterior já havia tocado em Ricardo Maurício.

Como consequência, o carro dos dois candidatos ao título ficaram danificados. Gomes, que parecia sem qualquer condição de voltar à prova, foi para os boxes e, surpreendentemente, conseguiu retornar. O carro de segurança precisou ser acionado logo após a batida coletiva, o que viabilizou a volta de Gomes à pista, ainda que somente na oitava volta.

Enquanto Gomes e Cacá se esforçavam para seguir na briga, Valdeno Brito liderava a corrida após largar na pole position. Até que precisou abandonar, cedendo a ponta para Átila Abreu. No pelotão do fundo, Gomes se recuperava, embora sem sonhar com as primeiras posições. Cacá, por sua vez, seguia sofrendo para se sustentar na pista, apesar dos danos ao seu carro, principalmente no capô.

Nas voltas finais, o título de Gomes já estava praticamente assegurado. Cacá não conseguiu avançar para terminar ao menos entre os quatro primeiros colocados, sua meta para buscar o título. Com as dificuldades do rival, Gomes não teve problemas para comemorar o título, coroando sua melhor temporada na categoria.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.