Mark Webber, 1,84 m, reclama de desconforto na Red Bull

O piloto de Fórmula 1 Mark Webber espera que um novo banco resolva o problema das dores causadas durante os testes pela Red Bull. O australiano de 30 anos, que deixou a Williams após a última temporada, tem se sentido desconfortável no carro RB3 da equipe durante os treinos de pré-temporada em circuitos espanhóis."Certamente eu gostaria de estar mais confortável. Eu não gostaria de correr do jeito que o assento estava", disse Webber ao jornal de Melbourne, Herald Sun, antes de testes da equipe no Bahrein, a partir de quinta-feira. O australiano, considerado um dos pilotos mais em forma da categoria, tem 1,84 metro de altura em um esporte onde cada milímetro faz toda a diferença. O RB3, de motor Renault, é o primeiro carro da equipe criado pelo ex-projetista da McLaren Adrian Newey, cujos carros anteriores já haviam causado problemas a pilotos altos como Webber.A McLaren teve que modificar o carro de 2005 projetado por Newey para que coubesse o grandalhão austríaco Alex Wurz, então piloto de testes da equipe e que este ano será substituto de Webber na Williams.Webber disse que a velocidade do novo carro também era uma preocupação antes da primeira corrida da temporada, no dia 18 de março em Melbourne, e Newey desenvolveu novas asas após queixas do piloto e de seu companheiro, David Coulthard. "David e eu tivemos algumas coisas a dizer quando pilotamos o carro pela primeira vez", disse ele. "As mudanças surgiram de parte dos pilotos e de observações de Adrian na pista."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.