Mark Webber revela que perna lesionada ainda incomoda

O australiano Mark Webber, da Red Bull, revelou nesta sexta-feira, após o primeiros treinos livres da Fórmula 1 em Melbourne, que ainda sente dores na perna direita. Ele fraturou o local ao ser atropelado durante uma prova de ciclismo, em novembro, e passou quase toda a pré-temporada fazendo tratamento.

AE, Agencia Estado

27 de março de 2009 | 15h37

"Felizmente não me incomoda muito quando estou no carro. Meu maio desafio é ficar andando pelo pit lane, mas estou bem quanto a isso. Só tenho que descansar o quanto puder à noite, e acho que já estarei melhor nas próximas corridas", afirmou o único piloto que corre em casa no primeiro GP da temporada.

Webber agradeceu às pessoas que o apoiaram durante o tratamento, e afirmou que deve estar completamente recuperado na etapa da China, a terceira do calendário, no dia 19 de abril. "Tive pessoas muito boas ao meu lado, e elas me deram bons conselhos. Tive sorte de tê-las por perto e agora estou aqui", disse.

O australiano foi cético ao falar sobre o desempenho que espera da Red Bull nos treinos de classificação, que acontecem às 3 horas de sábado (horário de Brasília). Quarto colocado nos treinos livres, ele disse ter ficado surpreso por estar tão à frente.

"Foi uma volta muito boa e fiquei surpreso por chegar a esta posição, para ser sincero. Vamos ver o quanto de gasolina as outras equipes usaram", afirmou. Ao ser questionado sobre a chance de ser quarto também no grid de largada, foi direto. "Não dá, porque outros pilotos serão mais rápidos."

O treino de classificação para o GP da Austrália acontece às 3 horas de sábado (horário de Brasília); a largada da corrida será no domingo, também às 3 horas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.