Marussia escala britânico e indonésio para testes em Abu Dabi

A Marussia escalou dois novatos para os últimos testes da Pirelli na temporada 2015 da Fórmula 1, em Abu Dabi. Destaques da GP2, categoria de acesso à F1, o britânico Jordan King e o indonésio Rio Haryanto vão representar a equipe nas atividades que serão realizadas no Circuito de Yas Marina na próxima terça, dia 1º de dezembro.

Estadão Conteúdo

23 de novembro de 2015 | 13h41

King e Haryanto vão substituir os titulares da Marussia na temporada, o britânico Will Stevens e o norte-americano Alexander Rossi. Nenhum dos dois tem presença confirmada no time em 2016. Logo a participação dos novatos nos testes de pneus pode dificultar a permanência dos atuais titulares.

No dia 1º de dezembro, dois dias após o GP de Abu Dabi, King e Haryanto vão dividir o carro da Marussia ao longo das 12 horas previstas para o teste, que envolve todas as equipes do grid e serve para auxiliar a Pirelli no desenvolvimento dos pneus que serão utilizados na temporada 2016.

Cada piloto deve assumir um período do dia. Será a primeira experiência de King, de 21 anos, num carro da F1. "Para Jordan, o teste faz parte do seu papel como piloto de desenvolvimento da equipe", disse o chefe de equipe, John Booth.

Haryanto, quarto colocado na GP2, já tem certa bagagem na categoria acima. Ele testou pela primeira vez na F1 em 2010, ainda quando a Marussia era chamada de Virgin. Também esteve na pista em 2012. "Rio já pilotou dois dos nossos carros em testes anteriores. Em 2010, ele esteve entre cotados [para assumir a vaga de titular] apesar de ter apenas 17 anos", disse Booth.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.