Pedro Pardo/AFP
Pedro Pardo/AFP

Massa adia definição sobre em qual categoria vai correr em 2018

Em texto, piloto brasileiro da Williams diz estar focado no fim da temporada da Fórmula 1 e promete pensar em alternativas

O Estado de S. Paulo

06 Novembro 2017 | 20h31

O brasileiro Felipe Massa, da Williams, afirmou nesta segunda-feira que não terá pressa em definir em qual categoria vai correr no próximo ano, após sair da Fórmula 1. O piloto de 36 anos confirmou no último sábado que os GPs do Brasil, no próximo domingo, e de Abu Dabi, no fim do mês, serão os dois últimos da carreira.

+ INFOGRÁFICO: O guia da temporada 2017

+ McLaren anuncia piloto de 17 anos como reserva

"Há aqueles que ficarão curiosos em saber onde vou competir no próximo ano, mas é muito cedo para falar agora. Por enquanto, meu foco está em terminar a temporada", escreveu o piloto em sua coluna no site Motorsport. No texto, Massa prometeu que terá calma para avaliar todas as possibilidades que lhe forem oferecidas, porém ressaltou ter foco no momento em concluir a temporada.

No fim do último ano, Massa havia planejado se aposentar, porém voltou atrás na decisão. "Exatamente um ano atrás, vivi a mesma situação e, de repente, a equipe me pediu para voltar. Para mim, foi um verdadeiro privilégio fazer isso e algo que eu apreciei muito, e um ano depois, estou pronto para seguir um caminho diferente", comentou o piloto.

Categorias como a Fórmula E, a DTM e o Mundial de Endurance fizeram aproximações com Massa para contar com o piloto no grid. "Gostaria de aceitar um novo desafio, desde que seja um papel profissional e com boas perspectivas para obter resultados sólidos. Amo correr, quero continuar fazendo isso e continuar tendo o prazer que sempre tive durante toda a minha carreira", afirmou.

No Mundial de Pilotos deste ano Massa é o 11º colocado, mesma posição obtida na última temporada. Os melhores resultados dele em 2017 foram dois sextos lugares, na Austrália e no Bahrein.   

 

Valeu galera pelo carinho ! Continuem na torcida. Grande beijo

Uma publicação compartilhada por Felipe Massa (@massafelipe19) em

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.