Massa celebra 3.º lugar, mas diz que poderia ser melhor

O brasileiro Felipe Massa conquistou neste domingo o seu segundo pódio nas últimas 12 corridas pela Fórmula 1. Mais do que se manter entre os melhores, o resultado foi comemorado porque aconteceu no GP da Itália, casa da Ferrari. Mesmo assim, Massa acredita que poderia ter chegado ao menos uma posição à frente do seu terceiro lugar.

AE, Agência Estado

12 de setembro de 2010 | 15h44

"Foi um ótimo dia para a equipe, com um super resultado na nossa corrida em casa", valorizou o piloto. No início, ele chegou a pressionar o companheiro de equipe Fernando Alonso, mas o espanhol conseguiu manter a segunda posição. Por outro lado, Lewis Hamilton ainda bateu nele antes de abandonar. Por sorte, a Ferrari de Massa não sofreu danos. "Durante toda a corrida o carro funcionou muito bem e foi competitivo", disse.

"Eu tive uma boa largada e talvez poderia ter ganhado uma posição, mas eu não tinha boa tração saindo da segunda curva", justificou Massa, colocando a culpa na equipe por não ter conseguido superar o segundo colocado Jenson Button. "O pit stop não foi perfeito e talvez o tempo perdido ali tenha me custado a segunda posição", analisou.

No geral, porém, Massa se mostrou bastante satisfeito por participar da festa da Ferrari na vitória de Alonso. "Foi realmente bom estar no pódio. Ver todo aquele público embaixo foi incrível, com uma avenida cheia de torcedores. Foi um sentimento especial, ainda mais que me sinto parte italiano. Estou feliz pela equipe e pela torcida", concluiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.