Massa comemora 6.º lugar após largar em último

O brasileiro Felipe Massa lutou para conciliar sua frustração apesar da grande exibição no GP da Austrália deste domingo. Um problema na caixa de câmbio de sua Ferrari o fez ficar apenas na 16.ª colocação para largar na prova.Mas o pior ainda estava por vir. Como a equipe resolveu trocar o motor do carro antes do Grande Prêmio, Massa largou em último. Porém, fez uma excelente prova de recuperação e terminou a corrida em sexto. E o resultado poderia ser ainda melhor, pois o brasileiro quase conseguiu ultrapassar o italiano Giancarlo Fisichella , da Renault, no final do GP. "Era quase impossível. Eu tentei, mas não consegui alcançar velocidade suficiente para ultrapassá-lo."Mas mesmo achando que faltou sorte para ele no final de semana, o piloto brasileiro comemorou muito os três pontos que conseguiu com a sexta colocação. "Estou muito feliz. Eu sei que se a corrida ocorresse em circunstâncias normais, a Ferrari poderia ter conseguido os dois primeiros lugares facilmente, e eu seria um candidato muito forte a vencer a prova", disse Massa, que no GP da Austrália do ano passado bateu logo na primeira volta."O sétimo lugar era o objetivo e terminamos em sexto. Considerando o que aconteceu e o grande tráfego que peguei pela frente, principalmente o tempo que perdi atrás da Honda de Button, acho que foi um ótimo resultado. A exibição do brasileiro foi comemorada também pelo diretor da escuderia, Jean Todt. "Ele fez uma corrida fantástica hoje (domingo). Felipe foi ótimo. Ele é um grande garoto e um piloto muito talentoso", elogiou o francês, que acrescentou: "Ele melhorou muito do ano passado para cá e a equipe torce muito por ele. Todos na Ferrari o adoram. Estou muito feliz por ele."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.