Arquivo/AE
Arquivo/AE

Massa diz que Alguersuari é jovem demais para a F-1

'Não é bom para ele, porque pode se queimar muito rápido', aconselha o brasileiro da Ferrari

Agência Estado

23 de julho de 2009 | 13h43

BUDAPESTE - O espanhol Jaime Alguersuari é o centro das atenções da Fórmula 1 em Budapeste. Aos 19 anos, ele será o mais jovem piloto a largar para uma prova da categoria, quando colocar a Toro Rosso no grid do GP da Hungria, no domingo. Mas a chegada do piloto ao Mundial também é motivo de polêmica.

Para Felipe Massa, o espanhol é jovem demais para estrear. "Para mim, ele é muito jovem. Quando cheguei à Fórmula 1 eu tinha apenas 20 anos e me achava muito novo. Eu era inexperiente e cometia muitos erros. É certo que meu carro era difícil de guiar, mas de qualquer forma o meu começo não foi fácil", disse o brasileiro da Ferrari.

Massa estreou na Fórmula 1 em 2002, pela Sauber. Depois de uma temporada irregular, ele acabou dispensado pela equipe e passou 2003 testando pela Ferrari. Mais experiente, voltou à Sauber em 2004 com desempenho mais consistente.

"Eu acho que cheguei à Fórmula 1 muito cedo. E ainda assim fiz vários testes. Ele jamais andou num carro da Fórmula 1, só fez testes em linha reta. Para mim, isso é errado. Não é bom para ele, porque pode se queimar muito rápido. É claro que ele pode ser muito talentoso e melhor do que todos pensam, mas não acho que seja certo colocá-lo no carro agora", afirmou Massa.

Alguersuari conseguiu a superlicença da FIA porque foi campeão da Fórmula 3 Inglesa em 2008. Ele ganhou vaga na Toro Rosso depois que o francês Sebastien Bourdais foi demitido em virtude de resultados ruins.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.