Massa diz que aprendeu muito com Schumacher na Fórmula 1

Brasileiro afirma que alemão foi um grande professor quando ele era piloto de testes da Ferrari no ano de 2003

Redação,

23 de outubro de 2008 | 15h05

O brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, disse nesta quinta-feira, que o ex-piloto alemão Michael Schumacher, heptacampeão mundial de Fórmula 1, foi um grande professor para ele na escuderia italiana."Uma grande parte da minha aprendizagem foi conseguida como piloto de testes da Ferrari", afirmou, em entrevista ao site da revista inglesa Autosport, se referindo ao ano de 2003. Depois, em 2006, no último ano de Schumacher na principal categoria do automobilismo, os dois foram companheiros na equipe. "Foi como uma universidade para mim. O Michael foi um professor e eu aprendi muito com ele: como crescer dentro da equipa e trabalhar melhor com eles", assinalou o brasileiro.Massa lembrou que, após uma temporada ruim de estréia na Fórmula 1 em 2002, quando corria pela Sauber, ele foi obrigado a superar a reputação de piloto desastrado."Julgo que quando se mostra às pessoas algo em que elas não acreditavam é ainda melhor para nós. Por causa do meu primeiro ano, que foi mau, a minha reputação foi má durante muitos anos", declarou à Autosport.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.