Silvia Izquierdo/AP
Silvia Izquierdo/AP

Massa diz que formará 'uma boa equipe' com Alonso

Brasileiro afirmou, na última quarta, que espanhol sabia da armação da Renault no GP de Cingapura de 2008

Milton Pazzi Jr, estadao.com.br

16 de outubro de 2009 | 16h51

SÃO PAULO - Futuros companheiros na Ferrari, Felipe Massa e Fernando Alonso tiveram um rápido encontro nesta sexta-feira, no paddock de Interlagos. E, segundo o piloto brasileiro, não há nenhum atrito entre eles, apesar da recente polêmica envolvendo o espanhol.

Veja também:

linkMassa e Alonso se abraçam em encontro nos boxes

linkAlonso sabia da farsa da Renault, diz Nelson Piquet

TV ESTADÃO - Massa fala sobre Fernando Alonso na Ferrari

F-1 2009 - tabela Classificação | especialCalendário

especialESPECIAL - Jogue o Desafio dos Pilotos

blog BLOG DO LIVIO - Leia mais sobre a F-1

blog SPF1 - Leia mais no blog do GP do Brasil

Na última quarta-feira, Massa disse que Alonso sabia da farsa da Renault no GP de Cingapura de 2008, contradizendo o que disse o próprio espanhol, que sempre negou participação no escândalo. A declaração do brasileiro já causou a primeira polêmica da dupla.

Mas o encontro desta sexta-feira foi para mostrar que não existe atrito entre os dois pilotos, que serão companheiros em 2010. "Eu apenas falei ''Olá, como está?''. Nós vamos ter muito tempo depois para conversar. Eu tenho grande esperança de que formaremos uma boa equipe", resumiu Massa.

A polêmica também foi minimizada pelo diretor esportivo da Ferrari, Stefano Domenicali. "Meu foco são os interesses do time. Felipe está bem e estamos fazendo de tudo para que ele volte às pistas da melhor forma. Sobre Fernando não tenho o que falar, porque está em outro time [Renault]", avisou o dirigente.

Sem poder competir por causa do acidente que sofreu em julho, Massa acompanhará todo o fim de semana do GP do Brasil com a equipe Ferrari em Interlagos e dará a bandeirada ao final da corrida, no domingo. "Essa será a parte mais fácil", disse o piloto brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.