Massa diz que não tem nada a perder no GP do Brasil

Felipe Massa guiará sua Ferrari no próximo domingo, no GP do Brasil, em Interlagos, precisando da vitória para tentar ultrapassar Lewis Hamilton no Mundial de pilotos da Fórmula 1. Mesmo sete pontos atrás do concorrente, o piloto brasileiro disse não se sentir pressionado pelo resultado, e que a pressão pode acabar atrapalhando justamente o inglês na corrida que vale o título da temporada."Claro que o Lewis vai tentar botar pressão em mim, mas tenho pressão zero, porque não tenho nada a perder", afirmou Massa ao site oficial da escuderia Ferrari. "Tenho minha equipe comigo. A pressão estará sobre ele, principalmente se considerarmos o que se passou nesta corrida no ano passado", lembrou o brasileiro, se referindo ao GP do Brasil de 2007, quando Hamilton tinha a vantagem para conquistar o título, que acabou ficando nas mãos do finlandês Kimi Raikkonen. Com a necessidade de vencer e torcer para que Hamilton não termine à frente do sexto lugar, Massa admitiu a dificuldade para levar o Mundial. "É verdade que tenho um trabalho mais complicado em termos de pontos, mas meu objetivo é muito mais simples que esse. Tenho que me concentrar apenas na vitória no domingo, e torcer para que meu companheiro de equipe chegue (Raikkonen) em segundo."O brasileiro ainda reconheceu que vencer a temporada no GP do Brasil ficou mais difícil depois do resultado na China, quando Hamilton chegou em primeiro e abriu uma vantagem maior. Por outro lado, o brasileiro apontou o bom desempenho da Ferrari em Interlagos e a corrida em casa como fatores a seu favor. "É impossível prever o que vai acontecer, mas acho que nosso carro sempre tem se saído bem neste circuito", disse Massa. "A outra vantagem para mim é que terei uma grande torcida aqui na minha cidade natal."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.