Massa e Alonso lamentam chuva, mas elogiam carro

O brasileiro Felipe Massa e o espanhol Fernando Alonso lamentaram nesta sexta-feira o fato de que o tempo instável em Hockenheim atrapalhou os planos da Ferrari e dos próprios pilotos de testarem como gostariam os seus carros nas primeiras sessões de treinos livres do GP da Alemanha de Fórmula 1, que será realizado neste domingo.

AE, Agência Estado

20 de julho de 2012 | 15h35

Com a pista molhada em boa parte do primeiro treino e depois por um período ainda maior no segundo, Alonso e Massa só conseguiram andar melhor na primeira parte do dia, na qual o espanhol ficou com a terceira colocação e o brasileiro conquistou a oitava posição. Em seguida, porém, o atual líder do Mundial de F1 obteve apenas o 20.º melhor tempo, enquanto o seu parceiro de equipe foi o 12.º.

"Assim como aconteceu em Silverstone (no GP da Inglaterra, há duas semanas), aqui em Hockenheim a chuva também tornou a nossa vida difícil. Pela manhã, as condições estavam mudando rapidamente e foi duro conseguir dar voltas limpas que fossem úteis o suficiente para avaliar o desempenho dos novos componentes que trouxemos para cá. À tarde, nós tivemos a chance de dar uma única volta com pneus secos, então nos concentramos em entender o comportamento do carro no molhado", afirmou Massa.

O brasileiro, porém, destacou que não pode reclamar do desempenho proporcionado pela sua Ferrari. "É sempre difícil fazer um julgamento quando você corre em condições como esta, mas eu tenho de dizer que o carro estava indo muito bem, por isso estamos razoavelmente satisfeitos", completou, admitindo que a previsão de chuva novamente para este sábado não é muito animadora.

Alonso, por sua vez, elogiou o comportamento do seu carro em diferentes condições de pista nesta sexta. "Em resumo, estou razoavelmente satisfeito com a forma pela qual as coisas ocorreram. Nós corremos em várias condições, indo do seco para a pista molhada e, em seguida, para a pista completamente molhada. E amanhã (sábado), pelo menos de acordo com a previsão do tempo até o momento, nós teríamos um cenário muito parecido com o de hoje (sexta) quando formos para o treino classificatório", disse o espanhol, antes de reconhecer que o clima predominantemente chuvoso na maior parte dos treinos prejudicou os trabalhos que a Ferrari pretendia realizar nesta sexta.

"O carro se comportou bem em todas as condições, o que é sempre uma coisa boa e nós estávamos também preparados para ver como os vários tipos de pneus funcionaram e quando era o momento certo de mudar de um para outro. As atualizações técnicas no carro? Nós não tivemos tempo suficiente para avaliá-las em profundidade: espero que possamos fazer isso amanhã (sábado)", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.