Silvia Izquierdo/AP
Silvia Izquierdo/AP

Massa e Alonso se abraçam em encontro nos boxes

Ferrari arma encontro dos pilotos, que farão dupla em 2010, para amenizar declaração do brasileiro

Milton Pazzi Jr., estadao.com.br

16 de outubro de 2009 | 15h10

SÃO PAULO - O brasileiro Felipe Massa e o espanhol Fernando Alonso, que serão companheiros na Ferrari na próxima temporada da Fórmula 1, se encontraram nesta sexta-feira no paddock do Autódromo de Interlagos, onde acontece o GP do Brasil. Diante de fotógrafos e cinegrafistas, eles deram um abraço e trocaram cumprimentos, mas pouco falaram.

Veja também:

linkAlonso sabia da farsa da Renault, diz Nelson Piquet

F-1 2009 - tabela Classificação | especialCalendário

especialESPECIAL - Jogue o Desafio dos Pilotos

blog BLOG DO LIVIO - Leia mais sobre a F-1

blog SPF1 - Leia mais no blog do GP do Brasil

O encontro aconteceu logo depois do primeiro treino livre do GP do Brasil, quando Alonso conseguiu apenas o 16.º melhor tempo com a Renault - Massa não está na disputa porque ainda se recupera do acidente sofrido em julho. E foi uma forma de mostrar que não existe nenhum incômodo entre eles depois da polêmica dos últimos dias.

Na quarta-feira, Massa disse que Alonso sabia da farsa armada pela Renault no GP de Cingapura de 2008. No dia seguinte, o piloto espanhol, que sempre negou ter conhecimento do esquema armado para lhe ajudar a vencer aquela prova, evitou polemizar com o brasileiro, dizendo que esse conturbado caso já tinha ficado no passado.

Por isso mesmo, a Ferrari armou nesta sexta-feira o encontro dos dois pilotos, que farão dupla em 2010. Eles se encontraram no centro de hospitalidade da equipe italiana em Interlagos, que fica em frente aos boxes da Renault. Assim, Massa e Alonso passaram a imagem de que não ficou nenhum ressentimento que possa estragar a relação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.