Massa e Barrichello lamentam resultado após acidentes

Os brasileiros Felipe Massa, da Ferrari, e Rubens Barrichello, da Williams, não esconderam a decepção com seus resultados no GP da Itália de Fórmula 1, neste domingo. Ambos foram prejudicados por acidentes no início e, enquanto Massa foi o sexto, Barrichello terminou a prova, vencida por Sebastian Vettel, apenas na 12.ª posição.

AE, Agência Estado

11 de setembro de 2011 | 16h00

Logo na primeira volta, o italiano Vitantonio Liuzzi, da Hispania, causou um acidente que, entre outros, acabou prejudicando Rubinho. Já o piloto da Ferrari teve seu desempenho atrapalhado após rodar na pista, graças a um toque em sua traseira, causado por Mark Webber.

"Só posso ficar desapontado com esta sexta colocação, porque hoje (domingo) eu poderia definitivamente ter lutado por um lugar no pódio. Infelizmente, o incidente causado pelo Webber me custou muito tempo e eu caí para décimo. Isso significou que eu tive que passar muitos pilotos para chegar aos líderes de novo, mas então já era tarde", lamentou Massa.

"Eu tive um início brilhante, ganhando três ou quatro posições quando estávamos chegando à primeira curva, mas aí eu vi uma Hispania passando. Tive sorte por ela não bater em mim, mas fui obrigado a frear o carro. Não bati em ninguém, mas quando (Nico) Rosberg começou a se mexer, acertou meu nariz. Foi uma situação difícil. É uma pena que eu fui pego neste acidente, poderíamos ter somado alguns pontos", avaliou Barrichello.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.