Valdrin Xhemaj/EFE
Valdrin Xhemaj/EFE

Massa elogia carro e diz que sétima posição era o máximo que alcançaria no treino

Pole position ficou com Lewis Hamilton, piloto da Mercedes

Estadão Conteúdo

10 de junho de 2017 | 21h26

Felipe Massa aprovou o desempenho da Williams no treino de classificação para o GP do Canadá, disputado neste sábado, no circuito de Montreal. Para o brasileiro, que largará em sétimo, o carro esteve equilibrado e permite almejar uma boa corrida.

"Foi uma grande classificação para mim. Estou muito feliz com tudo o que fizemos no final de semana e muito satisfeito com a minha volta", avaliou o brasileiro, que viu seu companheiro da equipe, o canadense Lance Stroll, anotar apenas o 17º tempo mesmo correndo em casa.

Embora satisfeito com o desempenho do carro, Massa admitiu que era impossível almejar algo melhor para o grid de largada - ele sairá atrás dos dois carros de Mercedes, Ferrari e Red Bull. "Fomos muito competitivos hoje (sábado), mas sétimo era a melhor posição que poderíamos alcançar."

Ainda assim, o brasileiro está confiante em ganhar algumas posições durante a corrida. "A prova amanhã (domingo) será dura, e estou contente com o ritmo de corrida em nossas simulações de ontem (sexta). Estou confiante para a prova e acho que temos bom equilíbrio para brigar e marcar bons pontos", completou.

O GP do Canadá será disputado neste domingo, com largada prevista para as 15 horas (de Brasília).

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Fórmula 1Felipe Massa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.