Massa esquece título perdido e minimiza 'pressão Alonso'

Piloto brasileiro da Ferrari faz um balanço da última temporada e revela o desejo de ser pai em breve

Ansa,

31 de dezembro de 2008 | 15h56

O piloto brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, disse nesta quarta-feira ter superado a derrota sofrida na última curva do Grande Prêmio do Brasil, que lhe custou o título mundial. Em uma entrevista ao jornal italiano La Stampa, Massa lembrou que "não se vence um Mundial na última curva da prova, e sim durante o campeonato". O brasileiro ressaltou que neste ano seu desempenho foi melhor que o de seu companheiro de equipe, o finlandês Kimi Raikkonen, mas lembrou que isso não garante que em 2009 ele será o primeiro piloto da escuderia italiana. "Depois do GP de Interlagos [Brasil], refleti por algumas horas, talvez por um dia. Mas o caso está encerrado. Não sou do tipo que olha para trás. Pensei que deveria terminar assim, não tinha nada a fazer", contou Massa. "Nunca esquecerei do aplauso do público de São Paulo. Perdi da melhor maneira, depois de uma temporada fantástica, em que cresci e ganhei experiência", afirmou. Massa minimizou a eventual pressão que poderá sofrer no próximo ano, tendo de conviver com a sombra de Fernando Alonso, o espanhol bicampeão que a imprensa já coloca na Ferrari para as temporadas de 2010 ou 2011. "Em 2006, perguntavam-me sobre Valentino Rossi [quando havia rumores de que o motociclista italiano poderia correr na Fórmula 1 pela Ferrari], em 2007 todos tinham certeza de que eu teria sido mandado embora, e no início de 2008, também. Já estou acostumado e isso não me irrita", esclareceu Massa. Ao falar de sua vida pessoal, o brasileiro revelou que gostaria de ser pai em 2009, mas enfrenta a resistência de sua esposa, Rafaela. "Ela tem razão, eu estou sempre viajando, e além disso caberia a ela ter o bebê. Esperaremos um pouco", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
Felipe MassaFerrariFórmula 1F-1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.