Ali Haider/EFE
Ali Haider/EFE

Massa festeja estreia e diz que não poderia estar melhor

Brasileiro fica satisfeito com segundo lugar no Bahrein em primeira corrida desde acidente na Hungria

AE, Agencia Estado

18 de março de 2010 | 13h02

O brasileiro Felipe Massa comentou, nesta quarta-feira, em seu blog no site oficial da Ferrari, que não poderia ter feito um retorno melhor à Fórmula 1 do que o que teve no GP do Bahrein, no último domingo, na prova de abertura da categoria em 2010. Após largar em segundo lugar, ele terminou na mesma posição e viu o companheiro de equipe, Fernando Alonso, festejar a vitória.

A prova do último domingo foi a primeira disputada pelo brasileiro desde quando ele sofreu um grave acidente no treino oficial do GP da Hungria, em julho do ano passado, que acabou o deixando de fora do restante da última temporada.

Massa ainda assegurou que não teve nenhuma sequela provocada pelo acidente, que chegou a colocar em dúvida se poderia o atrapalhar em seu retorno à categoria. "Nunca tive dúvidas sobre meu condicionamento, porque tudo que fiz foi exatamente como era antes do acidente", ressaltou o brasileiro.

"Seria impossível ter um melhor começo de temporada e obter o máximo de pontos (possíveis) de uma corrida e isso é exatamente o que Fernando (Alonso) e eu conseguimos no Bahrein. Esperei tantos meses por esta primeira corrida, mas estava mais animado do que nervoso", comentou Massa no trecho inicial do texto que postou em seu blog.

O piloto brasileiro, porém, admitiu que correu com a sensação de que não poderia falhar em meio à desconfiança em relação a qual era a sua real condição técnica e física, já que esta foi a sua primeira corrida após o acidente na Hungria. "Se eu tivesse cometido um erro, algumas pessoas diriam imediatamente algo como ''veja, ele não é mais o mesmo''", disse.

Entre outras coisas, Massa também lembrou que o final de semana no Bahrein confirmou o prognóstico apresentado nos testes de fevereiro, quando Ferrari, Red Bull, McLaren e Mercedes foram os principais destaques entre as equipes da categoria. As oito primeiras posições na corrida do último domingo foram ocupadas por pilotos destas equipes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.