Massa lamenta erro e prevê corrida difícil na Turquia

O brasileiro Felipe Massa ficou decepcionado com o seu desempenho no treino de classificação para o GP da Turquia e admitiu que terá uma corrida complicada no domingo. O piloto da Ferrari largará apenas da décima colocação e acredita que poderia estar na terceira fila, junto ao espanhol Fernando Alonso, que fez o quinto melhor tempo.

AE, Agência Estado

07 de maio de 2011 | 12h25

"Vamos ver o que podemos fazer na corrida de amanhã: geralmente o nosso ritmo é melhor do que no treino de classificação, mas não vai ser fácil se sair bem, visto que vou largar de décimo. Vamos ver como será a degradação dos pneus, talvez seja um pouco maior do que o que vimos na China. É uma pena, eu poderia estar na terceira fila, junto com meu companheiro de equipe", disse.

Na terceira parte da sessão de classificação, Massa cometeu um erro, saiu da pista e decidiu, junto com a Ferrari, voltar aos boxes com a intenção de poupar um jogo de pneus para a corrida. Assim, lamentou o erro que o levou a não registrar voltas e largar apenas do décimo lugar.

"Não foi um bom treino de classificação para mim: eu não consegui ter uma volta limpa no Q3 depois que eu cometi um erro significativo na curva 9, quando eu acabei saindo da pista: então decidimos que era melhor ir aos boxes e salvar o jogo de pneus para a largada", afirmou.

Massa explicou que a Ferrari trocou o motor do seu carro neste sábado por questão de segurança. "Esta manhã, no terceiro treino livre, os engenheiros viram um dos dados do motor que eles não tinham certeza e assim decidiu-se mudar no final da sessão. Então voltei para o motor eu já tinha usado na Malásia e na China, que segundo o calendário pode fazer três corridas", comentou.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1GP da TurquiaFelipe Massa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.