Jorge Nunez/ EFE
Jorge Nunez/ EFE

Massa lamenta pneu furado que prejudicou corrida no GP do México: 'Bem frustrado'

'Foi uma pena ter parado logo no começo da corrida', conta o brasileiro

Estadao Conteudo

29 Outubro 2017 | 22h14

O brasileiro Felipe Massa lamentou que um pneu furado na sua Williams tenha lhe tirado a chance de terminar o GP do México, a 18.ª etapa do Mundial, disputado neste domingo na Cidade do México, em uma colocação melhor que o 11.º lugar - mesma posição que conquistou no grid de largada.

+  Hamilton não liga para 9º lugar e se emociona com conquista do tetra na Fórmula 1

Massa largou bem, pelo lado limpo da pista, fechando a primeira volta em sexto lugar. Mas logo foi chamado aos boxes pela equipe inglesa devido a um problema nos pneus e, de volta à pista, não conseguiu ter um bom desempenho. O piloto caiu para o último pelotão e, mesmo com um jogo de pneus macios, não se recuperou.

"Estou bem frustrado. Foi uma pena ter parado logo no começo da corrida com um furo do pneu. O carro estava bom, estava competitivo e eu tenho certeza absoluta que a história teria sido completamente diferente se eu não tivesse tido aquele problema no comecinho", comentou Massa após a corrida.

 

O brasileiro não pontuou na prova e segue atrás do companheiro de escuderia Lance Stroll, canadense de 18 anos que chegou em sexto na corrida, somou mais oito pontos e o ultrapassou na classificação geral do campeonato. Agora, Stroll está em 10.º com quatro pontos a mais que Massa, em 11.º lugar.

Mais conteúdo sobre:
Felipe Massa Fórmula 1

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.