Andrej Isakovic/AFP
Andrej Isakovic/AFP

Massa lamenta treino ruim e diz que está tentando entender carro da Williams

Brasileiro foi apenas o 11º na primeira sessão e o 15º na segunda na Hungria

Estadão Conteúdo

28 de julho de 2017 | 20h38

O brasileiro Felipe Massa definitivamente não aprovou o desempenho da Williams nos treinos livres do GP da Hungria, realizados nesta sexta-feira, no Hungaroring, nos arredores de Budapeste. Apenas o 11º na primeira sessão e o 15º na segunda, quando fez o tempo de 1min20s869 e ficou atrás até mesmo de seu companheiro, o canadense Lance Stroll, o brasileiro reconheceu que ainda está buscando entender o comportamento da Williams no Hungaroring.

"É claro que não conquistamos uma grande posição no final do dia, e ainda precisamos entender tudo sobre o carro para melhorar o nosso desempenho durante o final de semana", explicou o piloto brasileiro, que é apenas o 11º da temporada com 23 pontos conquistados, cinco a mais do que seu parceiro canadense. Apesar do fraco desempenho nos treinos livres, Massa ponderou que teve um dia "normal". "Foi uma típica sexta-feira, tentando entender o comportamento dos pneus e do carro neste circuito", detalhou. "Mas isto é uma sexta-feira normal."

O treino de classificação para o grid de largada do GP da Hungria começará às 9 horas (de Brasília) deste sábado. No mesmo horário ocorrerá a largada da prova de domingo, quando será realizada a 11ª etapa do Mundial de Fórmula 1.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Felipe Massa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.