Steve Crisp/Reuters
Steve Crisp/Reuters

Massa minimiza resultado discreto no Bahrein

Brasileiro afirma que Ferrari trabalha para buscar equilíbrio do carro e não prioriza volta mais rápida

AE, Agencia Estado

12 de março de 2010 | 13h05

O desempenho discreto da Ferrari nos treinos livres desta sexta-feira para o GP do Bahrein foram minimizados por Felipe Massa. O brasileiro terminou o dia em sétimo e o espanhol Fernando Alonso em décimo lugar, mas ele explicou que a equipe, apontada como uma das favoritas antes do início da temporada, optou em fazer testes pensando apenas na corrida.

"Nós trabalhamos muito para encontrar o equilíbrio certo do carro para a corrida e na comparação dos dois tipos de pneus, que foram testados com vários níveis de combustível, apesar de nunca termos ido para uma volta rápida", afirmou Massa, que viu o alemão Nico Rosberg, da Mercedes, ser o mais rápido nesta sexta-feira.

O piloto brasileiro evitou fazer uma previsão para o GP do Bahrein e disse crer que a Ferrari terá forte concorrência na prova de abertura da temporada 2010 da Fórmula 1."Estou muito feliz com o que vimos hoje, mesmo que seja difícil obter um retrato exato de quanto somos competitivos em comparação com os outros. Definitivamente vamos enfrentar uma forte concorrência de muitas equipes", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.