Massa não dá atenção para boatos

Felipe Massa já começa a conviver com o lado ruim da F-1. No GP da Alemanha, no último dia 28, foi obrigado a dar passagem ao alemão Nick Heildfeld, seu companheiro na Sauber. Além disso, nos últimos dias tornaram-se constantes as notícias de que pode não ter seu contrato com a Sauber renovado, assunto que ele trata com visível desconforto. Massa, porém, decidiu não dar "bola para a torcida?? e se concentrar ao máximo para fazer o melhor possível nas cinco etapas restantes do campeonato. "Eu não esperava passar por uma situação como essa??, admitiu, em relação aos comentários sobre seu futuro na Sauber. "Mas são boatos e não é só comigo que isso acontece. Não penso nisso, porque senão não consigo guiar??, disse hoje Massa, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, onde fechou acordo com uma distribuidora de produtos automotivos - a empresa vai distribuir uma linha de produtos como calotas e rodas com o nome do piloto, que será lançada ainda este ano. O piloto confia em sua permanência na Sauber. "A equipe tem até o fim de outubro para exercer a opção e isso pode acontecer amanhã ou daqui a algumas semanas.?? Ao comentar a decisão de Peter Sauber a favor de Heidfeld na Alemanha, Massa adotou um discurso igual ao usado por Rubens Barrichello na Ferrari. "Ordem de equipe não se discute. Se cumpre??, disse. "Mas foi uma situação daquela corrida, não significa que vá ocorrer de novo.?? Três carros? - O chefão da McLaren, Ron Dennis, disse à revista inglesa Autosprint que Ferrari, McLaren, Williams e Renault podem competir com três carros a partir de 2003, como forma de combater a perda de interesse que ameaça a Fórmula 1. Já Michael Schumacher disse hoje que "aceitaria trabalhar?? com Juan Pablo Montoya. Foi uma resposta ao colombiano, que recentemente afirmou que correr na Ferrari não o seduz, por causa da preferência que a equipe dá ao piloto alemão.

Agencia Estado,

05 Agosto 2002 | 18h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.