Massa reclama de 'azar' e lamenta 15.º lugar no Bahrein

O GP do Bahrein de Fórmula 1, realizado neste domingo, não foi nada bom para os pilotos da Ferrari. Enquanto Fernando Alonso ficou apenas na oitava colocação por conta de um problema na asa móvel, Felipe Massa foi ainda pior e terminou em 15.º após ter dois pneus furados e se chocar com a Force India de Adrian Sutil no início da prova. Depois da corrida, ele não encontrava explicações para seu "azar".

AE, Agência Estado

21 de abril de 2013 | 15h56

"Eu fui realmente muito azarado nesta corrida e mesmo que seja verdade que muitas coisas podem acontecer neste esporte, não consigo achar uma explicação do porquê tantas delas precisam ser negativas. No começo, perdi espaço após a batida com o Sutil e depois perdi ainda mais tempo voltando dos pit stops após trocar os pneus e isso acabou com minhas chances de ter uma boa corrida", declarou.

Esta foi a primeira vez que Massa não pontuou na temporada, o que o deixou insatisfeito. Ele listou os problemas que teve com seu carro neste domingo e cobrou trabalho da Ferrari para que eles não voltem a acontecer na próxima etapa do Mundial, no GP da Espanha, no dia 12 de maio.

"No começo sofri com o carro saindo de frente nas curvas, mas não acredito que essa tenha sido a causa dos meus problemas. Ainda precisamos checar o que aconteceu com meus pneus para eles falharem dessa forma. Agora precisamos entender exatamente o que aconteceu e voltar a atenção imediatamente para a próxima corrida", comentou.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1GP do BahreinFelipe Massa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.