Franck Robichon/EFE
Franck Robichon/EFE

Massa sabe o que precisa fazer, diz chefe da Ferrari

Após rumores sobre suposta saída de brasileiro da escuderia italiana, Domenicali cobra desempenho do piloto

AE, Agência Estado

16 de agosto de 2012 | 10h26

Com contrato até o final deste ano, Felipe Massa não tem permanência assegurada na Ferrari para a próxima temporada da Fórmula 1. E, diante dos resultados ruins nos últimos tempos, está cada vez mais pressionado. Segundo o chefe da escuderia italiana, Stefano Domenicali, o piloto brasileiro já sabe o que precisa fazer para continuar na equipe em 2013.

"Penso que Felipe sabe (o que tem que fazer)", disse Domenicali, em entrevista à revista inglesa Autosport. "Ele precisa maximizar a performance que pode ter, porque precisamos de sua capacidade ao volante. Precisamos de pontos para buscar o primeiro lugar no Mundial de Construtores e também para tirar pontos de outros pilotos no Mundial de Pilotos."

Fazendo outra temporada fraca, Massa está em 14º lugar no campeonato, com apenas 25 pontos. Enquanto isso, seu companheiro de equipe, o espanhol Fernando Alonso, lidera com 164. Por isso mesmo, aumenta a pressão sobre o brasileiro. "Ele sabe que tem corridas muito importantes pela frente, tanto para ele como para a Ferrari", reforçou Domenicali.

O chefe da equipe também ressaltou que a Ferrari está trabalhando duro para dar um carro melhor para Massa na parte final da temporada - a próxima etapa será no dia 2 de setembro, em Spa-Francorchamps, na Bélgica. "Precisamos melhorar o carro. E estou certo de que ele fará um grande trabalho", afirmou Domenicali, mostrando confiança na recuperação do brasileiro.

Massa está na Ferrari desde 2006, mas nunca esteve tão pressionado como agora. Os rumores na Fórmula 1 indicam até alguns possíveis substitutos para o brasileiro na próxima temporada, como é o caso do mexicano Sergio Perez, atualmente na Sauber. Mas, segundo disse Domenicali, a equipe italiana "não tem pressa para tomar a decisão" sobre os pilotos para 2013. 

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1FerrariMassa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.