Massa supera Nelsinho e vence 1.ª no Desafio das Estrelas

Felipe Massa superou Nelsinho Piquet por apenas um segundo e venceu a primeira bateria do Desafio Internacional das Estrelas, prova de kart que reúne pilotos de diversas categorias, disputada na manhã deste domingo, em Florianópolis. A bandeirada foi dada pelo tenista Gustavo Kuerten, ex-número 1 do mundo e espécie de símbolo da capital catarinense.O piloto de testes da Renault foi o único que conseguiu acompanhar de perto o ritmo do titular da Ferrari, que correu com o mesmo macacão verde e amarelo usado na vitória do GP do Brasil. Massa, que havia feito a pole no sábado, venceu de ponta a ponta e ainda fez a volta mais rápida. Mesmo assim, disse que o duelo não foi fácil.?O Nelsinho deu muito trabalho. Estava difícil segurá-lo, pois nosso ritmo era igual. Esperava mais pilotos na briga pela vitória, mas foi legal do mesmo jeito", afirmou Massa, que, de acordo com o regulamento da disputa, vai largar em oitavo na segunda bateria, às 15 horas.Nelsinho, que larga em sétimo, conseguiu acompanhar Massa apenas nas primeiras das 15 voltas, e reduziu o ritmo após a dura disputa envolvendo Luciano Burti, Antonio Pizzonia, Enrique Bernoldi e Lucas di Grassi na disputa pela terceira posição. Di Grassi foi o terceiro, seguido por Bernoldi, Vítor Meira e Pizzonia. Luciano Burti foi o sétimo, seguido por Tony Kanaan, que larga na pole na segunda bateria.?A corrida estava ficando muito difícil no final, pois o kart ficava mais lento à medida que os pneus acabavam. Não consegui ultrapassar o Felipe, mas acredito que poderia ter vencido?, explicou Nelsinho.A prova foi marcada pelo alto índice de acidentes, um deles envolvendo Rubens Barrichello, que largou em 22.º lugar e teve de parar para reparar a carenagem e perdeu seis voltas. ?O Zonta bateu com alguém e não tive como desviar. Aí minhas chances na corrida foram para o espaço?, lamentou Barrichello.Resultado da primeira bateria 1.º Felipe Massa (SP) - 20min52s035 2.º Nelsinho Piquet (DF) - a 0s739 3.º Lucas Di Grassi (SP) - a 10s873 4.º Enrique Bernoldi (PR) - a 11s860 5.º Vitor Meira (DF) - a 11s975 6.º Antonio Pizzonia (AM) - a 14s521 7.º Luciano Burti (SP) - a 15s220 8.º Tonny Kanaan (BA) - a 17s616 9.º Hoover Orsi (MS) - a 27s235 10.º Cacá Bueno (RJ) - a 34s176 11.º Tiago Monteiro (PT) - a 36s327 12.º João Paulo de Oliveira (SP) - a 39s679 13.º Xandynho Negrão (SP) - a 1 volta 14.º Jean Alesi (FR) - a 1 volta 15.º Vitantonio Liuzzi (I) - a 1 volta

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.