Mark Dadswell/Reuters
Mark Dadswell/Reuters

Massa vibra com melhor volta já no fim do treino: 'estou muito feliz'

Brasileiro elogia competitividade e diferença mínima entre pilotos

Estadão Conteúdo

14 Março 2015 | 08h57

Felipe Massa comemorou o bom desempenho no treino classificatório para o GP da Austrália de Fórmula 1, neste sábado. Mas o terceiro colocado no grid admitiu a preocupação com a proximidade dos carros da Ferrari. Apenas 0,08 segundo separou o brasileiro do alemão Sebastian Vettel e do finlandês Kimi Raikkonen no Q3. Foi uma grande volta nos instantes finais da atividade que garantiu Massa à frente da sua antiga equipe.

"Estou muito feliz com a minha volta. Foi minha melhor volta do dia, a última, o que não foi fácil, por causa do vento. Eu me preparei para dar tudo na última tentativa e deu certo", festejou o brasileiro, que só ficou atrás dos carros da Mercedes - o inglês Lewis Hamilton levou a melhor sobre o alemão Nico Rosberg e vai largar na pole position.

O resultado foi comemorado por causa da pequena diferença para os rivais. Um mínimo erro na volta final poderia ter custado a Massa até três posições no grid. "A diferença entre eu, Sebastian e Kimi e também para Valtteri é muito pequena", constatou o brasileiro, que foi 0,4 segundo mais veloz que Valtteri Bottas, seu companheiro de Williams.

Diante de tal proximidade, Massa aposta numa boa batalha com a Ferrari na corrida deste domingo, em Melbourne. "A Ferrari está muito forte no momento. Eles deram um grande passo à frente em comparação ao ano passado. Então acho que amanhã estaremos mais preocupados com a Ferrari", avaliou o piloto da Williams.

Quanto aos primeiros colocados, o brasileiro acredita que terá poucas chances de superá-los neste domingo. "Eles estão em categorias diferentes. Os dois pilotos estão na mesma categoria entre eles, mas estão em outra em comparação aos demais", disse Massa, considerado o mais rápido do dia entre os "outros", aqueles que ficaram atrás da Mercedes.

A primeira corrida da temporada 2015 da Fórmula 1 terá início às 2 horas da manhã deste domingo (horário de Brasília), no Circuito Albert Park, em Melbourne.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.