Massa volta a ter problemas nos testes no Bahrein

Falha mecânica impede brasileiro de completar série de testes pelo segundo dia seguido

Efe

10 de fevereiro de 2008 | 15h06

Assim como já havia acontecido na véspera, a Ferrari do piloto brasileiro Felipe Massa voltou a apresentar problemas neste domingo, nos testes de da Fórmula 1 no circuito de Sakhir, no Barrein, em que os italianos fizeram uma simulação de Grande Prêmio.   No entanto, agora não foi só Massa que sofreu com as avarias: o carro do finlandês Kimi Raikkonen, atual campeão do mundo e seu companheiro de equipe, também teve os trabalhos interrompidos antes do tempo.   O finlandês foi obrigado a parar seu F2008 devido a um vazamento de óleo, enquanto o brasileiro fez o mesmo por causa de um problema mecânico não revelado pela escuderia na parte final de sua simulação.   Felipe Massa completou 70 voltas, a melhor delas em 1min30s190. Já Kimi Raikkonen percorreu 61, com 1min30s015 como melhor marca, logo no primeiro teste.   Já a equipe Toyota, que também fez uma simulação de GP, treinou sem problemas. Seus dois pilotos, o italiano Jarno Trulli e o alemão Timo Glock, completaram uma sessão de treinos e uma de classificação, pela manhã, e uma corrida simulada, que incluíram trocas de pneus e paradas nos boxes.   Nos testes desta segunda, os últimos no Bahrein, Trulli e Glock farão uma comparação entre suas respectivas regulagens no TF108. Já Massa e Raikkonen continuarão treinando com o F2008.   O circuito de Sakhir receberá o GP do Bahrein, terceiro da temporada, entre os dias 4 e 6 de abril.   Tempos deste domingo:1.º - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) 1min30s015 (61 voltas completadas)2.º - Felipe Massa (BRA/Ferrari) 1min30s190 (70) 3.º - Jarno Trulli (ITA/Toyota) 1min30s944 (91)4.º - Timo Glock (ALE/Toyota) 1min31s213 (93).

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1FerrariFelipe Massa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.