Mathias: o filho audaz de Nick Lauda

Discreto, um rapaz magro, loiro, observa atentamente, a distância, o que se passa nos boxes das equipes da World Series. É Mathias Lauda, de 21 anos, filho de Niki Lauda, tricampeão mundial de Fórmula 1, hoje diretor-geral da Jaguar. Em seu primeiro ano no automobilismo, Mathias disputa a F-Nissan 2000. "Sempre disse a meu pai que queria correr, mas ele nunca deixou. Falava que eu tinha de estudar e ponto final. Hoje, sei que foi por causa da minha mãe (Marlena), que o mataria se ele levasse a mim a e meu irmão (Luca, de 23 anos) para as pistas", conta.O primeiro teste de Mathias foi em 2001, em Brno, na República Checa, escondido dos pais. "Andei com Ford Puma, de turismo, e um Fórmula Ford velho." Os resultados foram tão bons que, quando contou a história ao pai ganhou de presente um teste em time profissional da F-3 inglesa. "Minha mãe ficou doente de verdade. Está melhor, mas tenho de ligar para ela após cada treino ou corrida." O pai mantém-se afastado. "Ele não move um dedo para me ajudar, nem mesmo para encontrar um patrocinador."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.