Max Wilson não deve correr em Chicago

O brasileiro Max Wilson já perdeu as esperançasde disputar a próxima etapa do Mundial de Fórmula Indy, domingo quevem, no oval de Chicago. Em entrevista exclusiva à Agência Estado,ele antecipou que a sua equipe não deve mesmo ter condições deconsertar seu carro para esta prova - o reserva também está fora deação. "A decisão final deve sair na terça-feira, mas acho que não vaidar. Aparentemente, o conserto não é rápido. É uma pena", lamentou opiloto.Max sofreu um violento acidente no treino livre para as 500 Milhas deMichigan, no último sábado. Ele saiu do circuito com suspeita de terfraturado alguma costela, mas os exames constataram apenas umacontusão no local. Apesar disso, seu carro ficou bastante danificado.O outro da equipe já estava em conserto, depois da batida no GP deToronto, dia 15 de julho, e ainda não há previsão de quando ficarápronto.Depois do susto em Michigan, logo na sua primeira vez num ovalsuperspeedway (onde os carros chegam a quase 400 km/h), Max está serecuperando bem da pancada nas costelas do lado esquerdo. "Ainda dóium pouco, mas está bem melhor. Estou tomando anti-inflamatório e nomáximo em dois dias já devo estar sem dor. Ainda bem que não foi nadamais sério", revelou o brasileiro, que deve voltar às pistas só em 12de agosto, na etapa de Mid-Ohio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.