McLaren admite superioridade da rival

A alta cúpula da McLaren admitiu hoje que dificilmente a equipe vai conseguir vencer a Ferrari no GP do Brasil de Fórmula 1 - a terceira etapa do Mundial de pilotos, marcada para domingo, no autódromo de Interlagos, em São Paulo. Segundo informação veiculada hoje pelo diário alemão Bild, o diretor da equipe, Norbert Haug, disse que não há nenhum chance de a McLaren superar a rival italiana a curtíssimo prazo. ?A Ferrari está muito mais rápida que a gente?, admitiu Haug, segundo o qual não há esperanças de vitória em Interlagos. ?Não temos condições de vencer, a não ser com a ajuda de terceiros?, acrescentou ele, referindo-se a eventuais problemas que a Ferrari venha a ter na corrida. Haug garante que o problema da McLaren não é de motor, mas de aerodinâmica e chassis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.