Hugo Ortuno/EFE
Hugo Ortuno/EFE

McLaren anuncia nesta quinta seus pilotos para 2015, um deles Alonso

Equipe terá o espanhol como seu condutor principal, mas seu companheiro ainda é tratado com muito mistério no meio

O Estado de S. Paulo

10 de dezembro de 2014 | 13h24

A McLaren prometeu encerrar nesta quinta-feira o mistério sobre seus dois pilotos para a temporada 2015 da Fórmula 1, com o anúncio que acontecerá na sede da escuderia, em Woking, no sul da Inglaterra. Praticamente certo é que, no ato, o presidente-executivo da equipe, Ron Dennis, anuncie o retorno do espanhol Fernando Alonso, bicampeão mundial em 2005 e 2006, e que esteve no time em 2007.

A notícia de Alonso na McLaren foi dada com muita naturalidade pelo Rei da Espanha, Juan Carlos, no GP de Abu Dabi. "Alonso me disse que ia para a McLaren", disse, sem de dar conta dos segredos que envolvem a transferência de pilotos na F-1. A expectativa pelo nome do provável companheiro de Alonso cresceu nas últimas semanas, evidenciando uma divisão na escuderia. O britânico Jenson Button e o dinamarquês Kevin Magnussen, que foram os titulares nesta temporada, brigam para continuar na categoria, mas outros pilotos também são candidatos.

Recentemente, Button, campeão mundial em 2009, admitiu que se não prosseguir no time, provavelmente abandonará a Fórmula 1, por não estar disposto a correr com carro que não lhe dê possibilidade de vencer corridas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.