McLaren apresenta modelo para a temporada 2009: o MP4-24

Ingleses tentarão garantir com este carro o bicampeonato de Hamilton; Ron Dennis anuncia aposentadoria

Redação,

16 de janeiro de 2009 | 11h21

Andy Rain/EFE

Heikki Kovalainen e Lewis Hamilton apresentam o MP4-24 (clique na foto e veja detalhes em galeria)

LONDRES - A McLaren apresentou nesta sexta-feira o modelo MP4-24, que tem como missão manter a supremacia da escuderia inglesa na Fórmula 1, adquirida com o título do Mundial de Pilotos de Lewis Hamilton, que venceu com apenas um ponto de vantagem para o brasileiro Felipe Massa, da Ferrari.

Veja também:

linkHamilton promete esquecer título para lutar pelo bi

O novo carro da McLaren é uma continuação de seu antecessor que Hamilton ganhou o Mundial de 2008, e a expectativa é de que o modelo MP4-24 mantenha o nível. "A próxima temporada será repleta de novidade, e a McLaren está ciente da necessidade de se adaptar o mais rápido possível", disse o piloto de testes, Pedro de la Rosa.

Já Lewis Hamilton reconheceu que a apresentação do novo modelo é emocionante para qualquer piloto de competição, e o MP4-24. "A chegada do novo carro sempre é um momento emocionante para qualquer piloto e o MP4-24 é mais especial para mim, porque pretendo lutar pelo bicampeonato, e seu que terei pela frente vários desafios, entre eles as novas regras e adaptações da F-1.

APOSENTADORIA

O britânico Ron Dennis anunciou durante a apresentação do novo carro da McLaren que deixará o comando da equipe no dia primeiro de março.

Dennis, que ocupa o cargo desde 1981, deixará o cargo nas mãos daquele que foi seu braço direito durante anos, Martin Whitmarsh. "É hora que Martin assumir o cargo de chefe da equipe, portanto, a partir do dia primeiro de março Martín ocupará o posto", declarou Dennis, que acrescentou que continuará indo às corridas, pois, afirmou que continua sendo "um apaixonado pela Fórmula 1".

Ron Dennis, no entanto, continuará à frente do comando da McLaren, mas sua atenção estará focada na produção de carros em série para a venda, como faz a Ferrari.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.