McLaren coloca Schumacher em alerta

Michael Schumacher afirmou que o maior perigo para ele e a Ferrari conquistarem novo título estava no circuito de Valência, na Espanha. "A McLaren e Kimi Raikkonen serão adversários muito difíceis." Nesta terça-feira o alemão, seis vezes campeão do mundo, incluiu o companheiro do Raikkonen, o escocês David Coulthard, como concorrente também a vencer o campeonato. "A mudança de pilotos na McLaren vai atingir Coulthard (será substituído por Juan Pablo Montoya) e ele irá tentar provar que as pessoas se enganaram em dispensá-lo." Apesar dos excelentes treinos da Williams com seu novo carro, FW26, Schumacher está mais impressionado com o modelo MP4/19 da McLaren, já em desenvolvimento desde o início de dezembro. O próprio Raikkonen declarou recentemente à imprensa inglesa que, depois dos ensaios com a nova McLaren, suas possibilidades de lutar pelo Mundial são mesmo grandes. "Temos uma grande chance este ano." Em 2003, o finlandês terminou em segundo, com 91 pontos, apenas 2 a menos que Schumacher, o campeão.Na sua análise de Coulthard, Schumacher falou que a imprensa inglesa o critica muito. "No paddock, no entanto, é um piloto muito respeitado, difícil de ser vencido, mas limpo." O escocês classificou-se em sétimo no ano passado, com 51 pontos. Sua vitória na abertura da temporada, em Melbourne, chegou a sugerir que, desta vez, Coulthard iria realizar um melhor trabalho, mas a exemplo de quase todos os mundiais que disputou, sempre por times de ponta, desde 1995, não produziu o que os escoceses até hoje esperam dele. Talvez por serem de uma cultura que já vibrou com pilotos como Jim Clark e Jackie Stewart, bi e tricampeão do mundo.Até o fim de semana Schumacher experimentará, pela primeira vez, a nova Ferrari F2004, em Fiorano. Com toda certeza não só Raikkonen e Coulthard como a dupla da Williams, Juan Pablo Montoya e Ralf Schumacher, irão acompanhar de perto seu trabalho. O fato de a Ferrari alterar pouco o modelo de F2003-GA para conceber o F2004 pode vir a ser uma boa notícia para a McLaren e a Williams. Os testes dirão o quanto os italianos evoluíram. Enquanto a Ferrari prepara a estréia do F2004 em seus circuitos, as demais equipes, com exceção da McLaren e da Minardi, iniciaram nesta terça-feira uma nova etapa de testes no circuito de Valência, na Espanha.Jenson Button, da BAR, é o maior favorito, hoje, para substituir Juan Pablo Montoya na Williams, no fim do ano. E o competente diretor de seu time, David Richards, afirmou nesta terça que Button irá até vencer corridas este ano. Falou mais: "Vai disputar o título em 2005." Sua previsão é de que encare a façanha pela BAR e não a Williams. Button estreou na Fórmula 1 em 2000 pela Williams, para ocupar a vaga de Alessandro Zanardi, dispensado. Apesar do belo campeonato na estréia, com 20 anos, Button foi preterido por Montoya na Williams. Em 2005 poderá retornar, ironicamente, no lugar do colombiano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.